Contratar
10/04/2016
A Peça Teatral
07/04/2016

História


Meu nome é Vagner Molina, trabalho com desenvolvimento de lideranças, Master Coach, e produtor geral da peça teatral “O Monge e o Executivo”. Esta é a história deste projeto incrível que transformou a minha vida.

Já estudava há muito tempo sobre liderança quando no final de setembro/2006 li pela primeira vez o livro “O Monge e o Executivo”. Considero que este livro foi um marco na minha carreira, vida pessoal e principalmente uma revolução no desenvolvimento do meu caráter.

Ao terminar a leitura, a princípio, meus olhos brilharam para o meu lado empreendedor e claro, um negócio fantástico. Em Janeiro de 2007 decidi então entrar em contato via email com o autor do livro, Sr. James Hunter, dizendo que gostaria de transformar o livro dele numa peça teatral.

Somos criaturas de hábitos e nossas opções são incorporadas a esse ser que chamamos de “eu”. Há um ditado popular que retrata bem essa situação: Pensamentos tornam-se ações, ações tornam-se hábitos, hábitos tornam-se nosso caráter e o caráter torna-se nosso destino.”
Em outras palavras, nosso caráter é determinado por nossas ações. James Hunter

A princípio ele não acreditou que seria possível, pois para a cultura americana isso acontece somente em peças teatrais na Brodway. Afirmei que isto no Brasil seria muito bem aceito, principalmente no mundo corporativo, então, pediu-me para procurar em São Paulo, o Sérgio Braga, sócio e representante dele no Brasil, hoje, tornou-se um grande parceiro e querido amigo.

Estou escrevendo e recordando que o mais interessante desta história foi que à medida que trocava ideias com os amigos, família, gestores dos mais diversos, a frase que mais ouvia era: Você está ficando ou já está louco? Porque acha que um americano aceitará que execute isso aqui no Brasil, se nem ele mesmo acredita que pode dar certo? Porque você acha que um americano acreditaria num brasileiro que nunca viu na sua frente? Desista, é melhor continuar com suas palestrinhas que estão ótimas e são reais. Você pode montar como sendo baseado no livro e assim terá mais
segurança no projeto, não precisa ir atrás dos direitos autorais! Cai fora dessa! Mas o meu propósito e visão estavam muito a frente.

Encontrei-me com o Sérgio Braga pela primeira vez numa cafeteria no bairro de Moema em São Paulo, apresentei minhas ideias e o projeto de transformar o livro numa peça teatral para o mundo corporativo. Ele aprovou e apoio o projeto.

Ao final de 2007 assinamos o contrato de direitos autorais e ainda não fazia ideia do que vinha pela frente. Em Janeiro/2008 comecei transformar aquele sonho em realidade.
Montei uma equipe maravilhosa comandada pela Rosely Gonçalves e o Virgilio Amaral, o processo da escolha dos atores, construção dos cenários, coreografias, cada detalhe ganhando vida, emoções, alegrias e extremas dificuldades para um mercado que conhecia tão pouco, era emoção forte garantida dia após dia.

Levei o projeto para diretoria do SEBRAE-SP procurando apoio financeiro e após uma imensa lista apresentada de documentos, planilhas, e praticamente tinha conseguido a aprovação final recebi a notícia que não seria mais possível à viabilidade financeira, pois o SEBRAE-SP entrava em processo de eleição da nova diretoria que muda a cada dois anos. Naquele dia, meu mundo caiu. Não tinha condições de investir e bancar a operação. Por vários dias a tristeza se abateu sobre mim e tentava de todas as formas de encontrar uma solução.

Foi ai que recebi a ligação da Josephine, gestora da regional do SEBRAE-SP em Santo André querendo saber como andava o projeto. Contei o ocorrido e ela disse-me: – Vagner, acredito muito no seu projeto e propósito. Quero contratar a peça para o dia 28 de Outubro fazendo parte das comemorações do “Mês do Empreendedor”.

Firmamos o contrato e com a garantia de recebimento consegui dinheiro no banco e fomos em frente.

Um dia inesquecível, um milagre, um presente de Deus!

No dia 28 de Outubro de 2008, pela primeira vez na história subia ao palco a peça teatral “O Monge e o Executivo”. Até a presente data nenhum livro best seller com mais de quatro milhões de cópias vendidos no Brasil, passou a ser “lido” através de uma peça de teatro. Naquele dia, no teatro da escola do Sagrado Coração de Jesus em Santo André, mais de quatrocentas pessoas assistiram pela primeira vez a peça.

Ao final, pessoas chorando, outras profundamente emocionadas, outras dizendo que ali começava uma nova pessoa e que passavam a acreditar que é possível uma mudança corporativa, na vida, e principalmente no coração. Foram momentos preciosos e inesquecíveis!

Ali naquele palco, meu sonho se tornava uma realidade!

Passados 8 anos e mais de 80.000 pessoas que foram impactadas, se eu pudesse contar as experiências vividas e muitas delas indescritíveis, teria assunto para escrever por diversos meses. Todas elas estão ativamente na minha lembrança e a cada dia meu maior desafio é: ser melhor e agregar valor no coração e na vida das pessoas.

Aquilo que inicialmente era exclusivamente um bom negócio, tornou-se uma ferramenta para contribuir no crescimento pessoal e profissional de cada ser humano.

Nos vídeos abaixo, registrei os primeiros momentos, mesmo não tendo os recursos que temos hoje.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *